Posts com tag “seleção brasileira

Kaká volta à Seleção após mais de dois anos

Depois de mais de dois anos longe da seleção brasileira, Kaká (foto) finalmente  foi chamado pelo técnico Mano Menezes para enfrentar o Iraque no dia 11 de outubro na Suécia, e o Japão no dia 16 na Polônia.

Kaká não disputou uma partida oficial com o Real Madrid nesta temporada, mas fez três gols no amistoso de ontem contra o Millionarios de Bogotá, que o  Real venceu por 8-0.

O último jogo de Kaká com a amarelinha aconteceu no dia 2 de julho de 2010, na derrota por 2 a 1 para a Holanda, pelas quartas-de-final da última Copa do Mundo. De lá para cá, o jogador passou por uma cirurgia no joelho e inúmeros problemas musculares.

A outra novidade da lista de Mano, divulgada nesta quinta-feira, é o zagueiro Leandro Castan, ex-Corinthians, que joga hoje na Roma.

O técnico brasileiro decidiu convocar apenas um jogador por clube brasileiro para não prejudicar as equipes na reta final do Brasileirão. Na teoria, os mais afetados seriam o Santos, o São Paulo e o Inter, que não poderão contar com seus principais jogadores – Neymar, Lucas e Leandro Damião – na 29ª e na 30ª rodada do Nacional. Cabe frisar que o Tricolor e o Colorado ainda estão na briga por uma vaga no G4.

Os cariocas Vasco e Fluminense – atual líder do Brasileiro – também vão perder jogadores importantes: o zagueiro Dédé e o apoiador Thiago Neves. Já o Corinthians não terá o volante Paulinho.

Confira a lista dos convocados:

Goleiros: Diego Alves (Valencia), Jefferson (Botafogo), Victor (Atlético-MG)
Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Adriano (Barcelona), Marcelo (Real Madrid), Alex Sandro (Porto)
Zagueiros: Thiago Silva (PSG), David Luiz (Chelsea), Dédé (Vasco), Leandro Castan (Roma)
Meio-campistas: Sandro (Tottenham), Lucas (São Paulo), Oscar (Chelsea), Ramires (Chelsea), Paulinho (Corinthians), Fernando (Grêmio), Guliano (Dnipro), Thiago Neves (Fluminense), Kaká (Real Madrid)
Atacantes: Neymar (Santos), Hulk (Zenit), Leandro Damião (Internacional)

Anúncios

Mano chama goleiro Cássio para amistosos no Brasil

O goleiro Cássio, do Corinthians, vai fazer sua estreia com a amarelinha: o técnico Mano Menezes convocou o jogador (na foto, à direita) para os dois próximos amistosos da seleção brasileira, que serão disputados no país.

No dia 7 de setembro, o Brasil vai enfrentar a África do Sul em São Paulo. No dia 10, será a vez da China, no Recife.

Além de Cássio, Mano ainda chamou pela primeira vez o volante Arouca, do Santos (na foto, à esquerda). Por falar no Peixe, Ganso ficou de fora da lista.

No mais, o treinador manteve quase todos os jogadores que disputaram as Olimpíadas de Londres-2012, ficando com a medalha de prata.

Confira abaixo a lista dos convocados:

Goleiros
Jefferson (Botafogo)
Diego Alves (Valencia)
Cássio (Corinthians)

Laterais
Adriano (Barcelona)
Alex Sandro (Porto)
Daniel Alves (Barcelona)
Marcelo (Real Madrid)

Zagueiros
David Luiz (Chelsea)
Dedé (Vasco)
Thiago Silva (Paris Saint-Germain)
Réver (Atlético-MG)

Meio-campistas
Arouca (Santos)
Lucas (São Paulo)
Oscar (Chelsea)
Paulinho (Corinthians)
Ramires (Chelsea)
Romulo (Spartak)
Sandro (Tottenham)

Atacantes
Hulk (Porto)
Jonas (Valencia)
Leandro Damião (Internacional)
Neymar (Santos)


Brasil joga mal e perde para o México em amistoso

O México pôs um fim à invencibilidade de 10 jogos da seleção Brasileira com uma vitória por 2-0 em amistoso disputado na noite de domingo em Dallas, Texas.

Peça nula em campo, Neymar ainda se estranhou com seu marcador no fim do segundo tempo, quando o placar já estava definido. Confira a confusão:


Com a equipe considerada titular nas Olimpíadas de Londres, a seleção de Mano Menezes chegou a abrir o placar aos 10 minutos com Leandro Damião. O árbitro, porém, assinalou impedimento.

O atacante Giovani dos Santos – filho de brasileiro – colocou o México em vantagem aos 21 minutos, com um chute sem ângulo que encobriu o goleiro Rafael. Hernandez, em cobrança de pênalti, ampliou para o México ainda na primeira etapa, para o delírio da torcida ‘local’.

Veja os melhores momentos da partida:


Brasil goleia EUA por 4×1 em amistoso em Washington

O Brasil derrotou os EUA por 4-1 em amistoso disputado na noite de quarta-feira em Washington, conseguindo sua primeira goleada desde que o técnico Mano Menezes assumiu o comando da equipe, há quase dois anos.

Mano jogou no esquema 4-3-3, com Neymar, Leandro Damião e Hulk no ataque. A estratégia deu certo. O craque do Santos abriu o placar, de pênalti, aos 11 minutos, e ainda deu duas assistências. Thiago Silva ampliou de cabeça em córner bem cobrado pelo santista. Porém, no fim do primeiro tempo, os EUA diminuíram com Gomez, em contra-ataque que começou com erro de Hulk.

O Brasil voltou a marcar na segunda etapa. O lateral-esquerdo Marcelo finalizou com sucesso para as redes após ótima triangulação com Neymar e Hulk. O craque santista ainda fez bom passe para Pato, que carimbou a trave.

O goleiro do Santos, Rafael, também se destacou, com duas grandes defesas na segunda etapa.

O quarto gol foi marcado por Pato no fim do jogo. Confira os melhores momentos da partida:


Brasil tem chave tranquila nos Jogos de Londres

A seleção brasileira vai enfrentar Egito, Nova Zelândia e Belarus na primeira fase do torneio olímpico de Londres-2012, segundo sorteio realizado nesta terça-feira na capital britânica (foto).

A equipe comandada por Mano Menezes vai fazer sua estreia na competição no dia 26 de julho contra o Egito em Cardiff, no País de Gales. Depois, pegará Belarus na cidade de Manchester, e fechará a primeira fase contra Nova Zelândia em Newcastle.

O Brasil pode ter que encarar a Espanha nas quartas-de-final. Os espanhóis também têm um grupo fácil, com Japão, Honduras e Marrocos.

Mano já convocou 52 jogadores em uma pré-lista para os Jogos que conta com vários veteranos, inclusive Ronaldinho Gaúcho. Em 8 de junho, o treinador deixará a relação mais enxuta, com 35 jogadores. Só em 6 de julho, pouco antes do início dos treinamentos, haverá a convocação final dos 18 que brigarão pela medalha em Londres.

Confira as chaves:

Grupo A: Reino Unido, Senegal, Emirados Árabes, Uruguai
Grupo B: México, Coreia do Sul, Gabão, Suíça
Grupo C: BRASIL, Egito, Belarus, Nova Zelândia
Grupo D: Espanha, Japão, Honduras, Marroccos


Mano inclui Ronaldinho em pré-lista para Londres

Alternando (poucos) bons e (muitos) maus momentos no Flamengo, Ronaldinho (foto) foi incluído por Mano Menezes em uma pré-lista de 52 atletas na perspectiva dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. A lista final, de 18 jogadores, será divulgada no dia 6 de julho.

A pré-convocação é uma exigência do COI (Comitê Olímpico Internacional). Inicialmente, o nome do Casemiro não havia sido mencionado no site da CBF, mas a entidade corrigiu a falha e incluiu o volante do São Paulo.

Cada seleção olímpica pode ter apenas três jogadores com mais de 23 anos. Em sua pré-lista, Mano convocou 16 atletas com este perfil, entre os quais se destacam o goleiro Júlio César, os zagueiros David Luiz e Thiago Silva e os laterais Marcelo e Daniel Alves, titulares na seleção principal. Já Robinho e Kaká não foram lembrados.

Veja a lista divulgada hoje (os ‘veteranos’ estão em destaque) :

Adriano (Barcelona)
Alex Sandro (Porto)
Alexandre Pato (Milan)
Allan (Vasco)
André (Atlético Mineiro)
Bernard (Atlético Mineiro)
Bruno Uvini ( Tottenham)
Casemiro (São Paulo)
Daniel Alves (Barcelona)
Danilo (Porto)
David Luiz (Chelsea)
Dedé (Vasco)
Diego Alves (Valencia)
Douglas Costa (Shaktar Donetsk)
Dudu (Dínamo de Kiev)
Elias (Sporting)
Elkeson (Botafogo)
Fagner (Vasco)
Fernandinho (Shaktar Donetsk)
Fernando (Grêmio)
Gabriel (Cruzeiro)
Gabriel Silva (Novara)
Galhardo (Flamengo)
Paulo Henrique Ganso (Santos)
Giuliano (Dnipro)
Henrique (Granada)
Hernanes (Lazio)
Hulk (Porto)
Jefferson (Botafogo)
Jonas (Valencia)
Juan (Internazionale)
Julio Cesar (Internazionale)
Leandro Damião (Internacional)
Lucas (São Paulo)
Lucas Mendes (Coritiba)
Luisão (Benfica)
Marcelo (Real Madrid)
Marquinhos (Corinthians)
Neto (Fiorentina)
Neymar (Santos)
Oscar (Internacional)
Philippe Coutinho (Espanyol)
Rafael (Manchester United)
Rafael Cabral (Santos)
Renan Ribeiro (Atlético Mineiro)
Romário (Internacional)
Rômulo (Vasco)
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)
Sandro (Tottenham)
Thiago Silva (Milan)
Wellington Nem (Fluminense)
Willian José (São Paulo)


Brasil vence Bósnia com gol contra no fim

O Brasil passou sufoco para derrotar a Bósnia por 2-1 em amistoso disputado terça-feira em Saint Gall, na Suíça, e só saiu de campo com a vitória graças a um gol contra aos 45 minutos do segundo tempo.

O jogo começou da melhor forma possível para a Seleção Brasileira, que abriu o placar logo aos 3 minutos em grande jogada de seus laterais. Daniel Alves fez ótimo passe para Marcelo, que correu para a grande área, emendou de primeira e fez 1-0. Mas a Bósnia empatou 10 minutos depois em falha de Júlio César, que aceitou um chute fraco de Ibisevic.

Quando o jogo parecia caminhar para o empate, Hulk, que entrara no lugar de Hernanes, cruzou forte na pequena área e Papac desviou para a própria meta: 2-1, placar final.

Apesar dos erros cometidos pelo zagueiro do Chelsea David Luiz, que não fez uma boa partida, a defesa continua sendo o setor mais estável da Seleção. Júlio César errou no gol da Bósnia, mas se redmiu ao fazer grande defesa em chute de Pjanic no fim do primeiro tempo. Thiago Silva mostrou a segurança de sempre, e Marcelo e Daniel Alves confirmaram que são hoje as melhores opções para as laterais.

No meio-de-campo, Hernanes foi o melhor e soube aproveitar a chance dada por Mano Menezes. Já Ronaldinho decepcionou. O craque Neymar também apareceu pouco.

Confira os gols:

Veja a ficha técnica do amistoso de ontem

BRASIL
Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Sandro (Elias), Fernandinho, Hernanes (Hulk) e Ronaldinho Gaúcho (Ganso); Neymar (Jonas) e Leandro Damião (Lucas)
Técnico: Mano Menezes

BÓSNIA
Asmir Begovic; Sasa Papac, Emir Spahic, Boris Pandza, Rahimic; Sanel Jahic, Miralem Pjanic (Maletic), Misimovic (Ibricic) e Medunjanin (Zahorovic); Dzeko e Vedad Ibisevic (Salihovic)
Técnico: Safet Susic

Data:28/02/2012 (terça-feira)
Local: AFG Arena, em St. Gallen, na Suíça
Gols: Marcelo, aos 3 min, e Ibisevic, aos 13 min do primeiro tempo; Papac, contra, aos 44 min do segundo temo