Posts com tag “São José

São José bate o Rio Preto e respira na A2

O São José venceu a primeira partida na segunda fase do Campeonato Paulista da Série A2. A Águia do Vale recebeu o Rio Preto na noite deste sábado, pela abertura do returno do Grupo 04 e bateu o Jacaré por 4 a 1.

O time do Vale do Paraíba foi a quatro pontos, na terceira posição da chave. O Jacaré ocupa a quarta e última posição da chave, com três pontos.

Bruno Nunes abriu o placar para o Rio Preto aos três minutos da segunda etapa. Rodrigo Pardal, aos 11, marcou o gol de empate e Edmílson, cinco minutos depois, virou para a Águia do Vale.

Valdir Papel, aos 27, anotou o terceiro do São José na partida e Nena, aos 31, fechou a contagem no Martins Pereira.

O São José visita o Comercial na penúltima rodada da segunda fase para seguir sonhando com o acesso. O Rio Preto pega o Guarani.

SÃO JOSÉ 4 x 1 RIO PRETO

Local: Martins Pereira, São José dos Campos
Árbitro: Edson Reis Pavani Júnior
Assistentes: David Botelho Barbosa e Danilo Ricardo Simon Manis
Quarto Árbitro: Marcos Alves da Silva

SÃO JOSÉ
Carlão; Lucas, Márcio Santos, Paulão e Rogério; Edmílson, Rossini, Rodrigo Pardal (Valdir Papel) e Nena (Fábio Gomes); Velicka (Paulo Santos) e Wellington Simião
T: Luiz Müller

RIO PRETO
Rafael; Marcelo Ferreira, Ézio (Ronaldo (Jô)), Hélio (Alan) e Luciano; Éder Baiano, Geovane, Juninho e Romarinho; Alex Braz e Bruno Nunes
T: Betão Alcântara

Gols: Bruno Nunes (RPR) aos 3, Rodrigo Pardal (SJO) aos 11, Edmílson (SJO) aos 16, Valdir Papel (SJO) aos 27 e Nena (SJO) aos 31 do segundo tempo
CA: Wellington Simião, Rossini, Velicka e Lucas (SJO); Marcelo Ferreira, Éder Baiano e Jô (RPR)
CV: Wellington Simião (SJO)


São José decepciona novamente a torcida

O São José está praticamente fora da disputa por uma das quatro vagas de acesso à elite do futebol paulista. A Águia perdeu neste domingo por 3 a 1 para o Rio Preto em um jogo que ficará marcado para sempre como um dos piores sob o comando do técnico (?) Tarcísio Pugliese. A equipe entrou em campo apática, correndo pouco, errando passes preciosos, sem apresentar perigo a um fraco time que estava tão desesperado por um vitória quanto o São José.

“Ou aconteceu alguma coisa muito séria nos vestiários do São José neste intervalo, ou o bicho vai pegar pra valer! Inacreditável até agora…”, postou José Luiz Nunes, diretor da Águia, em seu facebook durante o segundo tempo da partida, onde o São José conseguindo se superar na incopetência técnica.

Resta saber quais explicações serão apresentadas pela diretoria, elenco e comissão técnica sobre o vexame em Rio Preto. Do que adiantou fazer a melhor campanha na primeira fase do Paulistão A-2– ato de sorte, para chegar na reta final conquistar apenas um ponto em três jogos, sendo este tento de um empate sem gols contra o Comercial jogando no Martins Pereira.

Então é isso, em 2012 tem mais…mais uma vez a torcida vai comparecer, vai apoiar, mais uma vez a esperança de acesso será grande e se nada for feito, mais uma vez a vaga na Série A1 vai passar perto de São José dos Campos e se despedir.


São José perde na estreia diante do Guarani


No complemento da 1ª rodada da fase decisiva do Campeonato Paulista da Série A2, neste domingo (3), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas,  o Guarani venceu o São José por 2 a 0, assumindo a liderança do Grupo 04, com três pontos ganhos. O Guarani começou a partida balançando as redes do São José. No primeiro minuto de jogo, Fabinho acertou belo chute de fora da área para fazer o primeiro do Bugre.

Após o gol, o time de Campinas recuou, priorizando a marcação. Apesar de ficar mais tempo com a posse de bola, o São José encontrou dificuldades para entrar na defesa do time da casa, que levou a vantagem para o intervalo.

No segundo tempo, o time da casa voltou pressionando. Aos 11, Marcos Denner teve a chance de ampliar, mas parou na boa saída do goleiro Ronaldo. Os visitantes ficaram com dez jogadores em campo aos 38, com a expulsão de Fábio Gomes. Com vantagem numérica, o time da casa ampliou. Aos 44, Carlinhos decretou a vitória do Bugre.

Na próxima rodada, quarta-feira (6), o Guarani visita o Rio Preto, enquanto que o São José recebe o Comercial.


São José pega o Guarani

A Federação Paulista de Futebol divulgou na tarde desta segunda-feira a tabela completa do quadrangular final do Paulistão A2. O São José, que está no chamado “Grupo da Morte”, encara logo no primeiro jogo o Guarani. A partida será disputada no próximo domingo, às 16h, em Campinas.

Tabela de jogos

1º turno
Guarani x São José 03/04 às 16:00h
São José x Comercial 06/04 às 20:00h
Rio Preto x São José 10/04 às 10:00h

2º turno
São José x Rio Preto 16/04 às 19:00h
Comercial x São José 23/04 às 18:30h
São José x Guarani 01/04 às 10:00h


Rebaixados e Classificados A2


A última rodada da série A2 do Campeonato Paulista reservou muitas emoções no domingo. Quatro times entraram em campo em busca de uma vaga na próxima fase e cinco equipes entraram em campo para evitar a queda para a série A-3. Após a rodada, Catanduvense, Rio Preto, Comercial e Monte Azul se classificaram no grupo 1. São José, XV de Piracicaba, Atlético Sorocaba e Guarani avançam à próxima fase por terem as melhores campanhas no grupo 2.

A segunda fase será formada pelos grupos 3 e 4. O grupo 3 terá o Catanduvense como melhor equipe do grupo 1, XV de Piracicaba e Atlético Sorocaba, segundo e terceiro melhores do grupo 2 e Monte Azul, que entra no grupo 3, como o quarto melhor do grupo 1. Já o grupo 4 terá: São José, o melhor do grupo 2, Rio Preto e Comercial, segundo e terceiro do grupo 2 e o Guarani, que entra neste grupo como o quarto melhor classificado do grupo 2.

Os rebaixados para a Série A3 foram: Marília e Sertãozinho no grupo 1. São Bento e Rio Branco no grupo 2. As datas e locais dos jogos da próxima fase serão divulgados no inicio desta semana pelo departamento técnico da Federação Paulista de Futebol.


São José vai bater outra vez na trave?


Dizer que a derrota do São José diante do Guarani era previsível é coisa de torcedor pessimista. Mas que a missão de arrancar três pontos da equipe bugrina na partida desta quarta-feira, seria complicada é coisa de realista. Os anfitriões estavam engasgados com a Águia devido a derrota no primeiro turno, precisavam da vitória para garantir a classificação e tinham o apoio da torcida, que mesmo em pequeno número fez barulho em Campinas.

O problema é que o revés fez, com razão, parte da torcida ficar desacreditada com o time de Tarcísio Pugliese. O futebol apresentado foi ridículo para um time que tem pela frente o desafio de conquistar uma vaga na elite do futebol Paulista. Diversas chances de gols desperdiçadas, incluindo um pênalti, passes errados, falta de criação no meio campo— quem é Velicka?, um time limitadíssimo tecnicamente e com poucas opções de mudanças táticas.

Tem que ser muito otimista para ainda acreditar no acesso. Todo ano a situação é a mesma. A torcida apóia, comparece em peso nos jogos, cria-se uma enorme expectativa de figurar entre os quatro e bate na trave.

Ainda dá tempo de mudar essa situação, o problema é que com o atual elenco as providências que podem, ou poderiam ser tomadas, ficam restritas nas mãos da diretoria e da comissão técnica, uma vez que não se vê motivação em campo depois da classificação para segunda fase. O time ficou acomodado.

O próximo jogo, contra o Atlético de Sorocaba é domingo, às 10h, no Martins Pereira. Certamente o estádio estará lotado. Pessimistas, otimistas e realistas estarão lá. O que vão ver dentro de campo é uma incógnita. O que se espera nas arquibancadas é no mínimo presenciar um time com vontade de jogar futebol.


Dia de Fúria

O São José enfrenta hoje, às 19h30, no Brinco de ouro, em Campinas o Guarani. A Águia, já classificada para a segunda fase do Paulistão A2, vem de uma derrota em casa para o Pão de Açúcar e o Bugre de um empate com o Red Bull, jogando no Moisés Lucarelli, também em Campinas. O Guarani precisa da vitória para ficar entre as oito equipes que disputam as quatro vagas na elite do estadual.

Por isso, a expectativa é que mesmo jogando em casa, o anfitrião vá com tudo para cima do São José, que não pretende fazer corpo mole, segundo seu comandante Tarcísio Pugliese. Pelo menos 100 torcedores da Águia devem acompanhar o jogo em Campinas. A partida tem tudo para ser equilibrada, assim como foi no primeiro turno, quando o São José fez uma de suas melhores exibições no campeonato e venceu por 3 a 1.

O que não queremos ver são as cenas lamentáveis da confusão envolvendo a Polícia Militar e a torcida do Guarani no duelo contra o RBB.